Política

Chega vota a favor e segura Orçamento dos Açores

Chega vota a favor e segura Orçamento dos Açores

O deputado único do Chega nos Açores, José Pacheco, anunciou, esta quarta-feira, que vai votar a favor do Orçamento para 2022, em nome da "estabilidade" e porque o Governo Regional aceitou as condições do partido. Mas avisa que não deu "um cheque em branco". O documento vai ser aprovado, assim, esta quinta-feira.

Está afastado o cenário de crise política nos Açores. No final do debate na generalidade do Orçamento para 2022, o deputado único do Chega anunciou que vai votar a favor na votação que decorre esta quinta-feira.

"Visto que o Governo aceitou democraticamente as condições estabelecidas pelo Chega, o Chega vai votar favoravelmente, a bem da estabilidade", declarou José Pacheco, depois de ter permanecido em silêncio durante todo o debate do documento.

"O Orçamento para 2022 é um documento fundamental para a vida dos açorianos", justificou ainda José Pacheco, agradecendo ao presidente do Governo Regional, José Bolieiro, "pela abertura e capacidade de diálogo" que permitiu a que se chegasse a "uma solução positiva".

Durante uma curta intervenção no Parlamento Regional, o deputado único do partido de André Ventura recusou, assim, e deixou claro que não foi feita qualquer "chantagem" sobre o Governo Regional. "O Chega não faz chantagens. O que aconteceu foi uma abertura de portas e um derrubar de muros", garantiu José Pacheco.

Apesar de garantir que o diálogo com o Governo de Bolieiro vai continuar, o deputado único do Chega deixou um aviso: "Isto não é um cheque em branco nem é mais uma oportunidade. Isto não voltará a acontecer porque estamos atentos", vincou.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG