Nacional

CNE satisfeito com oposição à revisão curricular do Governo

CNE satisfeito com oposição à revisão curricular do Governo

O Conselho Nacional de Educação manifestou, esta sexta-feira, satisfação por a Assembleia da República impedir a reorganização curricular aprovada pelo Governo e à qual havia dado parecer negativo.

"O CNE considera que a Assembleia da República, ao decidir na linha do parecer que o CNE tomou, de natureza pedagógica, abre um novo caminho para um debate alargado e essencial sobre o currículo", disse à agência Lusa fonte deste órgão independente, com funções consultivas.

"O CNE fica satisfeito que o seu parecer tenha sido tido em conta", acrescentou a fonte contactada pela Lusa.

A oposição parlamentar aprovou hoje a cessação de vigência do decreto-lei do Governo que introduz alterações curriculares no ensino básico, com os votos favoráveis de PSD, BE, PCP, PEV e a abstenção do CDS-PP.

O diploma em causa foi publicado em Diário da República a 2 de Fevereiro com entrada em vigor a 1 de Setembro e determinava a eliminação da área de projecto, limitava o estudo acompanhado a alunos com mais dificuldades e reduzia de dois para um o número de professores por turma a leccionar Educação Visual e Tecnológica.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG