Exclusivo

Começou a volta ao país: como os partidos vão fazer campanha

Começou a volta ao país: como os partidos vão fazer campanha

Arrancou este domingo a habitual volta partidária ao país, apesar da pandemia, mas com medidas com vista à diminuição do risco de contágios. Por exemplo, as ações de rua serão feitas mas com comitivas mais pequenas, com uso de máscara, e almoços, jantares e comícios reduzidos ou quase inexistentes.

Apesar de os partidos não estarem abrangidos pelas restrições impostas pela pandemia, a maioria vai autoimpor-se, cumprindo as mesmas limitações que eventos de outra natureza. É o caso do PS, que vai percorrer o país, na campanha oficial, com um reduzido "número de pessoas nas comitivas, de convidados e de presenças em eventos". E não serão organizados almoços nem jantares, como o tradicional almoço da Trindade que fecha a campanha. Mas haverá comícios.

Também o PSD cortou nos almoços ou jantares-comício durante a campanha oficial. Nas manhãs serão privilegiadas as visitas a instituições ou comércios locais, sendo a última ação do dia centrada numa área concreta do programa do PSD.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG