Exclusivo

Comissão de abusos deve "ajudar a perceber necessidade de reformar" Igreja

Comissão de abusos deve "ajudar a perceber necessidade de reformar" Igreja

Primeiro subscritor de carta de católicos a pedir investigação aos abusos sexuais na Igreja portuguesa elogia "coragem" da Conferência Episcopal Portuguesa.

O trabalho da comissão independente para estudo dos abusos de menores na Igreja "deve ajudar a perceber a necessidade de reformar" a instituição, "dando mais voz aos leigos". Esse é o desejo de Nuno Caiado, primeiro subscritor de carta aberta a pedir à Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) uma investigação aos abusos.

Uma vontade expressa numa missiva que o técnico de reinserção social enviou a D. José Ornelas, líder da CEP e à qual o "Jornal de Notícias" teve acesso. No texto, Nuno Caiado agradece a "coragem" da CEP por "finalmente" lançar uma investigação desta natureza e enaltece a "sábia escolha" das pessoas que integram a comissão, liderada pelo pedopsiquiatra Pedro Strecht, que dão "garantias de independência".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG