Mudança

Comissão Europeia "presta tributo" à liderança de Centeno no Eurogrupo

Comissão Europeia "presta tributo" à liderança de Centeno no Eurogrupo

A Comissão Europeia "presta tributo a Mário Centeno" pelo trabalho no Eurogrupo, destacando o contributo que a sua "liderança e experiência" deram à resposta europeia à crise da covid-19, disse à Lusa um porta-voz.

"A Comissão presta homenagem a Mário Centeno pelo importante papel que desempenhou no reforço da resiliência da zona euro enquanto presidente do Eurogrupo. A sua liderança e experiência ajudaram a zona euro a responder com rapidez, força e coordenação às consequências da pandemia de coronavírus", declarou à Lusa um porta-voz do executivo comunitário.

Antes, já o vice-presidente executivo Valdis Dombrovskis e o comissário da Economia, Paolo Gentiloni, haviam deixado, na rede social Twitter, elogios ao trabalho de Centeno no Eurogrupo, em reações ao anúncio do próprio na mesma rede social de que está de saída.

"Obrigado, Mário, pelo seu empenho e dedicação como presidente do Eurogrupo", escreveu o vice-presidente executivo com a pasta de "Uma Economia ao Serviço das Pessoas", Valdis Dombrovskis.

O responsável letão agradeceu ao até agora ministro das Finanças português por ter "ajudado a chegar rapidamente a um acordo sobre as medidas de resposta à crise do novo coronavírus", no seu papel de líder do fórum de ministros da zona euro.

"Foi um prazer trabalhar consigo", concluiu.

"Mário, fizeste um excelente trabalho pela Europa", escreveu por seu lado Gentiloni.

Desde o anúncio, esta terça-feira ao início da tarde, da saída de Mário Centeno dos cargos de ministro das Finanças [já na próxima segunda-feira] e de presidente do Eurogrupo [em 13 de julho, quando expira o seu mandato], têm-se sucedido as reações elogiosas na Europa, com o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, a agradecer ao ministro português o seu "trabalho árduo" na Europa e na resposta à atual crise.

Outras Notícias