Biscate

Construção nunca teve tantos trabalhadores clandestinos

Construção nunca teve tantos trabalhadores clandestinos

Confederação pede mais fiscalização a quem trabalha "por baixo da mesa".

Nunca houve tantos clandestinos a trabalhar no setor da construção e imobiliário. Depois de anos de profunda crise, com despedimentos e falências em massa, o aumento de empreitadas registado nos últimos anos tem levado muitas pessoas a regressar ao trabalho, mas de forma ilegal. O impacto está a ser tão grande que a concorrência desleal é hoje apontada como a principal dificuldade sentida pelas construtoras, assegurou ao JN Reis Campos, presidente da Confederação Portuguesa da Construção e do Imobiliário (CPCI). A economia paralela pode chegar, hoje, aos 30%, admite.

Leia a nossa Edição Impressa ou tenha acesso a todo o conteúdo no seu computador, tablet ou smartphone assinando a versão digital aqui