SNS

Consultas com hora marcada e horários desfasados para a retoma da atividade não covid

Consultas com hora marcada e horários desfasados para a retoma da atividade não covid

A ministra da Saúde anunciou a publicação de um despacho com indicações sobre a retoma da atividade regular nas instituições de saúde e que essa será feita sem desguarnecer a resposta à doença covid-19.

"Dentro das próximas horas publicaremos um despacho que estamos a preparar no Ministério da Saúde com novas orientações referentes à forma como vamos fazer este regresso à normalidade e depois vamos implementar ao nível institucional os nossos planos de regresso à atividade não covid", disse Marta Temido, na conferência de imprensa diária sobre a evolução da pandemia em Portugal.

Segundo a ministra da Saúde, essas orientações serão feitas "dentro daquilo que é o contexto epidemiológico específico de cada instituição" e com regras uniformes para todo o país.

Contudo, acrescentou, o regresso da atividade normal será feito "não desguarnecendo a resposta à covid 19" e a eventual necessidade de alocação de recursos técnicos e humanos necessários a um recrudescimento da doença.

Além disso, continuarão a praticar-se medidas de segurança quer para os profissionais quer para os utentes dos serviços de saúde.

PUB

Assim, continuará o uso de equipamentos de proteção individual, a realização de testes à covid-19, as consultas serão com hora marcada e com horários desfasados e será privilegiado o atendimento à distância.

Questionada sobre se serão prolongados os contratos de trabalho de quatro meses feitos a profissionais de saúde no combate à covid-19, a ministra disse que os contratos já preveem prorrogação por igual período e considerou que, num momento em que o Serviço Nacional de Saúde (SNS) se prepara para a retoma da atividade regular, "a manutenção de contratos é muito importante".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG