O Jogo ao Vivo

Legislativas

Costa apela à "mobilização de todos" os militantes do PS para garantir maioria

Costa apela à "mobilização de todos" os militantes do PS para garantir maioria

O secretário-geral do PS apelou este sábado à "mobilização de todos" os militantes socialistas para obter uma "vitória com maioria" nas próximas eleições legislativas, salientando a necessidade de "estabilidade para garantir a recuperação e o progresso".

Numa mensagem enviada aos militantes socialistas no primeiro dia do ano, António Costa frisou que 2022 "começa com umas eleições decisivas para Portugal".

"Apelo à mobilização de todos para garantir uma vitória do PS com maioria. Precisamos de estabilidade para garantir a recuperação e o progresso", lê-se na mensagem do também primeiro-ministro, em que deseja um "bom ano" aos membros do Partido Socialista.

Segundo António Costa, "quanto mais a luta aquece, mais forte tem de ser o PS".

Na semana passada, em entrevista à CNN Portugal, António Costa pediu o voto de "metade mais um" dos eleitores que forem às urnas em 30 de janeiro, sem recorrer ao termo "maioria absoluta", e reiterou que se demitirá se perder as eleições legislativas.

Durante a entrevista, o primeiro-ministro foi questionado se a palavra "absoluta" queima e se o objetivo eleitoral é mesmo a maioria absoluta e respondeu sem hesitar, mas voltando a evitar a palavra "absoluta".

"Não é uma questão de queimar, maioria é maioria. O que é que é maioria? É metade mais um. Pronto, é isso, para mim é muito claro", respondeu o líder socialista e chefe do executivo à questão colocada pela jornalista Anabela Neves.

PUB

Confrontado com o "enterro" da solução de Governo à esquerda, designada por "geringonça", Costa rejeitou essa hipótese: "Não podemos, não devemos dizer que morreu de vez".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG