Saúde

Costa assume que processo do Infarmed foi "mal conduzido"

Costa assume que processo do Infarmed foi "mal conduzido"

O primeiro-ministro admitiu, esta quarta-feira no debate quinzenal, que o processo de deslocalização do Infarmed para o Porto foi "mal conduzido".

Acusado pelo líder parlamentar do PSD de "incompetência", no primeiro debate quinzenal após o Governo ter decidido suspender uma decisão sobre o processo, António Costa atirou uma decisão para a Comissão Técnica de Descentralização, recentemente criada.

No Parlamento, o social-democrata Fernando Negrão lembrou com alguma ironia que Costa, há cerca de um ano, frisou cinco vezes que o Infarmed rumaria à Invicta. "O Infarmed não vai para o Porto. Isto é responsabilidade sua. Não é de mais ninguém. Isto prova que os portugueses não podem confiar na sua palavra. A palavra dada, palavra honrada [lema de Costa], mas só quando lhe dá jeito. Não honrou e não cumpriu a sua própria palavra. Isto mina a sua credibilidade como político", apontou o líder parlamentar laranja.

Ao que Costa reforçou, "com toda a tranquilidade": "Se a decisão desta importância pudesse assentar na vontade do Governo e do primeiro-ministro, estaria a dizer pela sexta vez - o Infarmed vai para o Porto".

O primeiro-ministro alegou que, tendo em conta o "acordo assinado entre o Governo e o PSD sobre descentralização", que levou à criação de uma comissão técnica independente que apontará quais os organismos públicos a descentralizar e "desconcentrar", a mudança do Infarmed dependerá das propostas que venham a ser conhecidas até 31 de julho de 2019.

"Mais vale dar um passo atrás para tomar uma boa decisão, do que continuar em frente para tomar uma decisão porventura errada. Vamos ouvir com humildade a comissão criada pela Assembleia da República. E, perante isso, avançar", reforçou.

Dito isto, Negrão acusou o chefe de Governo de ter dado um sinal de "incompetência". "Além de não honrar a sua palavra, nem sequer tem a humildade de assumir o seu erro". E Costa acabou por contrariar o social-democrata e lembrar que isso não aconteceu: "Já assumi que o processo foi mal conduzido".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG