O Jogo ao Vivo

Europeias

Costa crê poder chegar até aos 14 lugares em Bruxelas

Costa crê poder chegar até aos 14 lugares em Bruxelas

António Costa acredita que o PS poderá a aumentar o número de eurodeputados nas eleições de 26 de maio, em relação aos oito eleitos de 2014. A expectativa é acalentada por uma alegada sondagem interna do Largo do Rato, que aponta para esse cenário.

Na Comissão Política Nacional do PS, Lisboa, onde submeteu a votos a lista candidata às Europeias, o secretário-geral assegurou que o partido ambiciona chegar até aos 14 europarlamentares.

Ao JN, alguns membros da Comissão Política, que reuniu à porta fechada durante duas horas, na quinta-feira à noite, disseram que Costa aludiu a "sondagens internas" que beneficiam o PS e apontam para 11 a 14 eleitos. É preciso regressar a 2004 ou a 1999 para ser se encontrar resultados semelhantes.

O líder do PS comparou Portugal com Espanha e sublinhou que o partido conseguirá ter melhor prestação que o seu congénere PSOE. "Podemos lá chegar", repetiu várias vezes, numa curta declaração inicial, não tendo depois voltado a intervir.

A lista liderada por Pedro Marques, aprovada com 68 votos a favor e nove contra, mereceu pouca contestação.

A crítica mais violenta terá surgido de Paulo Campos, ex-secretário de Estado das Obras Públicas de José Sócrates, que considerou que os dois ex-ministros que estão no topo da lista, Pedro Marques e Maria Manuel Leitão Marques, "foram os que mais na sombra estiveram" e que agora são brindados com uma ida para a Europa.

A análise acabou por ser rebatida pelo atual secretário de Estado das Finanças, António Mendonça Mendes, coadjuvado pelo deputado eleito por Faro, Luís Graça.

Além dos 10 primeiros lugares, Costa apresentou os restantes elementos da lista. A Pedro Marques, Maria Manuel Leitão Marques, Pedro Silva Pereira, Margarida Marques, André Bradford, Sara Cerdas, Carlos Zorrinho, Isabel Santos, Manuel Pizarro e Isabel Estrada, que preenchem os 10 primeiros lugares, seguem-se João Albuquerque, Selene Martinho, José Águas da Cruz, Idalina Costa, Tiago Rego, Vera Simões, Jesus Vidinha, Elsa Samões, Tiago Teotónio Pereira, Jacinta Grilo e Agostinho Gonçalves.