Pandemia

Costa diz que descarregar a StayAway Covid é "um dever cívico"

Costa diz que descarregar a StayAway Covid é "um dever cívico"

O primeiro-ministro, António Costa, defende que descarregar a aplicação StayAway Covid é um "dever cívico" e "mais um instrumento" para o combate à pandemia.

A app que permite rastrear eventuais contactos com pessoas infetadas com covid-19 já está nos telemóveis de mais de 80 mil portugueses e foi apresentada esta terça-feira de manhã no Instituto Superior de Engenharia do Porto (ISEP).

António Costa salientou que a app "é muito importante porque é aquilo que nos permite, se estivermos contaminados, informarmos não só os nossos familiares, pessoas com quem trabalhamos, amigos com quem estivemos, mas também alertar todos aqueles que, nos últimos 14 dias, estiveram mais de 15 minutos a menos de dois metros de distância e que já não sabemos quem são".

O governante procurou explicar que a StayAway Covid é mais um instrumento que, por um lado, permite o combate à expansão da pandemia e a quebra das cadeias de contaminação e, por outro, contribui para que o regresso e a abertura social e económica possam impedir que um novo confinamento severo venha a ser necessário.

A aplicação desenvolvida pelo INESCTEC - Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência, contudo, não funciona em todos os iPhone e smartphones Android, devido à versão de software dos dois sistemas operativos que é necessário ter para instalar a app. No caso do iOS, é necessário ter a versão 13.5, e nos smartphones Android, é necessário ter, pelo menos, a versão Android 6.0.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG