Debate Quinzenal

Costa pede "grande frente nacional" contra corte de fundos europeus

Costa pede "grande frente nacional" contra corte de fundos europeus

Costa pede a todos os partidos que apoiem o Governo na rejeição da proposta da presidência finlandesa para os próximos fundos europeus, que implicaria um corte de 10% dos fundos para a Coesão dados a Portugal. "Uma grande frente nacional", antes do Conselho da Europa da próxima quinta-feira.

No debate quinzenal desta terça-feira, o primeiro-ministro diz querer que, no mínimo, os países contribuam tanto quanto contribuíram no atual quadro financeiro, excluindo o Reino Unido.

E diz que se deve recursar o "confronto simplista e redutor" entre os novos objetivos de mais segurança e combate alterações climáticas e os tradicionais da Coesão e da Agricultura - até porque estes dois são os que aproximam a Europa dos cidadãos e afastam "tendências populistas"

A proposta inicial da Comissão Europeia previa um corte de 7% no valor global destinado pela Europa às políticas de Coesão, mas a Finlândia, que preside ao Conselho Europeu, quer cortar mais ainda, 10%.

"Estamos de acordo na rejeição da proposta finlandesa", disse Rui Rio, líder do PSD, na resposta a Costa.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG