Legislativas

Costa reage após falha sonora: "Até o microfone se assustou com o diabo" do PSD

Costa reage após falha sonora: "Até o microfone se assustou com o diabo" do PSD

O líder do PS discursava este sábado num comício, em Viseu, quando o sistema de som falhou e uma interferência ecoou pela sala, assustando os presentes. António Costa, que nesse momento enumerava os riscos do regresso da Direita ao poder, parou surpreendido e atirou: "Até o microfone se assustou com esta imagem do diabo". A sala, lotada, aplaudiu.

Segundos antes do sucedido, o secretário-geral socialista procurava demonstrar a importância da ida às urnas. A falha ocorreu quando Costa acusava o PSD de querer dar "borlas" a todas as empresas baixando o IRC, e já depois de ter acusado o partido de querer embarcar em "aventuras" que colocam em risco o SNS e a Segurança Social. Surpreendido, exclamou: "Eláá!".

Após a posterior menção ao "diabo", a plateia, uma das maiores desde o início da campanha socialista, irrompeu em aplausos e no agitar de bandeiras. O momento insólito acabou por se tornar num dos mais empolgantes da noite em Viseu.

O comício foi marcado pela decisão de Costa "apelar à memória" coletiva para recordar como estava o país em 2015, após quatro anos de governação conjunta de PSD e CDS. Falou de tópicos como a taxa de desemprego, o crescimento económico ou as pensões, para concluir que os sociais-democratas pensam hoje "exatamente o mesmo" do que quando deixaram o poder.

"Com o PSD não há nenhum compromisso claro", prosseguiu Costa, alegando que Rio não é claro quanto ao que fará em matérias como a descida do IRS, do SNS ou da Segurança Social. Prosseguindo nas comparações com o último Governo de Direita, referiu que este subiu o salário mínimo em 20 euros entre 2011 e 2015, ao passo que o seu o aumentou "dez vezes mais".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG