Balanço

Covid-19 matou 78 pessoas no Natal

Covid-19 matou 78 pessoas no Natal

Há, este sábado, mais 1214 infeções por covid-19, num dia em que soma mais 78 mortos à lista de vítimas, que vai já em 6556. Mais 1545 doentes recuperaram.

Setenta e oito pessoas morreram no dia 25 de dezembro, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde deste sábado - são 6556 óbitos desde o início da pandemia. Trinta e duas vítimas foram registadas na região de Lisboa e Vale do Sousa, 30 no Norte, oito no Centro, sete no Alentejo e uma no Algarve. Quanto às idades, 57 pessoas tinham mais de 80 anos e 13 tinham entre 70 e 79. Na faixa etária dos 60-69 anos morreram seis vítimas, e outras duas tinham entre 50 e 59.

Quase 393 mil infetados

Depois de Portugal ter registado, no relatório de ontem 65 mortes e 2593 por covid-19, o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde de hoje eleva para 392 996 o número total de casos desde o início da pandemia, em março. Desses, quase 70 mil correspondem a doentes ativos, menos 409 do que ontem. Quanto a doentes recuperados, há hoje mais 1545 - ao todo são 316 671.

A região Norte contabilizou mais 451 infetados - o que equivale a cerca de 37% do total de novas infeções, já longe dos habituais cerca de 50% - elevando para mais de 201 mil o número total de infetados. Segue-se Lisboa e Vale do Tejo, com 438 novos contágios (e um total de 127 mil). Na região Centro, há mais 148 casos (em 44 mil), no Alentejo mais 85 (em 10 mil), e no Algarve mais 43 (em 7074). O arquipélago dos Açores regista 21 novos casos (em 1683) e o da Madeira mais 28 casos (1405).

Ao contrário do que foi registado no boletim de ontem, referente a quinta-feira, o número de doentes internados voltou a aumentar: há mais 36 (num total de 2790) em enfermaria e nove em unidades de cuidados intensivos (513).

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG