Exclusivo

Cozinhas solidárias alimentam quem precisa de Norte a Sul

Cozinhas solidárias alimentam quem precisa de Norte a Sul

No cenário de incerteza e medo, nasceu a associação sem fins lucrativos 4 Corações, com projetos de ajuda social.

São pessoas que tinham emprego, salário assegurado e suficiente para as despesas fixas do mês. De repente, com a crise da trazida pela pandemia da covid-19, vieram os despedimentos, os lay-offs, a redução de salário, e essas famílias, que viviam "a apertar do cinto", veem-se aflitas porque o dinheiro não estica além dos compromissos mensais.

Junto à porta da cozinha da Associação Cultural e Desportiva da Carapalha, em Castelo Branco, já está uma mesa e a lista das pessoas que chegarão com os grandes sacos dos hipermercados e alguns recipientes de plásticos para sair dali com a refeição da noite e o almoço do dia seguinte. Este é o principal projeto social da Associação 4 Corações, ideia de um grupo de amigos em Castelo Branco, para ajudar recém-carenciados, mas que está a crescer noutras cidades e vilas. "Estamos a ajudar pessoas que ainda não enfrentam problemas judiciais ou outros por falta de pagamentos, mas que se veem com dificuldades financeiras para fazer refeições completas", explica o presidente, Hélder Martins.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG