Covid-19

Criança internada em Lisboa por suspeita de infeção não tem coronavírus

Criança internada em Lisboa por suspeita de infeção não tem coronavírus

Uma criança regressada da China foi esta quinta-feira encaminhada para o Hospital D. Estefânia, em Lisboa, por suspeita de infeção pelo novo coronavírus (Covid-19), mas as análises deram negativo.

Num comunicado publicado no seu 'site', a Direção-Geral da Saúde (DGS) informa que "o mais recente" caso suspeito de infeção por Covid-19 "resultou negativo após realização de análises laboratoriais pelo Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA), com duas amostras biológicas negativas".

A criança foi levada para o D. Estefânia, o hospital de referência pediátrico para estas situações. Trata-se do 12.º caso suspeito em Portugal e todos deram resultados negativos para o novo coronavírus.

O número de mortos devido ao novo coronavírus subiu esta quinta-feira para 2.118 na China continental, no dia em que foi registado o menor aumento diário de novos casos de infeção em quase um mês, de 394.

O número de pacientes fixou-se em 74.576. No entanto, o número de novos casos diários é o menor desde 25 de janeiro.

Por outro lado, a província de Hubei, cuja capital Wuhan é o centro do surto, registou 108 novas mortes e 349 novos casos de infeção. Só Wuhan registou a maioria das vítimas mortais, 1.585, e dos casos de infeção, 45.027.

PUB

Várias cidades na zona estão em quarentena desde 23 de janeiro passado, numa medida que afeta cerca de 60 milhões de pessoas.

Globalmente, o vírus já infetou mais de 75 mil pessoas.

Além dos 2.118 mortos na China continental, morreram duas pessoas na região chinesa de Hong Kong, duas no Irão, uma nas Filipinas, uma no Japão, uma em França, uma na Coreia do Sul e uma em Taiwan.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG