Debate quinzenal

Cristas acusa Costa de esconder volume da dívida

Cristas acusa Costa de esconder volume da dívida

Assunção Cristas acusou o primeiro-ministro de não querer revelar o montante da dívida, alertando para os juros que estão a ser cobrados ao país a 10 anos e para os pedidos de renegociação por parte da Esquerda.

No debate quinzenal, esta sexta-feira, a líder do CDS insistiu em saber o valor da dívida, mas Costa pouco mais disse do que a "dívida líquida baixou um ponto percentual". E nada mais esclareceu.

"Depois desta sua resposta, saio deste debate ainda mais preocupada. Vejo um primeiro-ministro que nem sequer tem a coragem de dizer nesta casa um número que ainda não é conhecido do público em geral. Se fosse conhecido, tinha-o aqui para lhe mostrar - o número da dívida do final de 2016", considerou Assunção Cristas, que argumentou que o chefe do Governo mostrou que ou "não sabe ou não lhe interessa responder".

Costa retorquiu: "estão tão incomodados hoje. Eu percebo que deve ser muito frustrante passar um ano a dizer que vai correr tudo mal e depois ver o desemprego a descer, o défice a descer".

"Deve ser desagradável, mas se me permitem um conselho, sejam uma oposição firme e positiva e não uma oposição inútil e negativa [como o PSD]", atirou, sugerindo a Cristas a "lavar as mãos e afastar-se da herança" do Governo de Passos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG