Exclusivo

Cuidados paliativos não chegam para tantos doentes terminais

Cuidados paliativos não chegam para tantos doentes terminais

Os cuidados paliativos continuam a não chegar à maior parte dos portugueses. Há crianças e adultos sem alívio do sofrimento na fase final da vida, garante Edna Gonçalves, ex-presidente da Comissão Nacional de Cuidados Paliativos, que terminou o mandato em dezembro e ainda não tem sucessor.

No terreno, as equipas não chegam sequer para cobrir metade das solicitações. A médica diz-se "chocada" por se debater a eutanásia no meio de uma pandemia, quando todos os dias se perdem dezenas de vidas. A versão final da lei, que permite a morte assistida, vai ser votada hoje na Assembleia da República.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG