PS

Daniel Adrião propõe debate com António Costa antes das eleições diretas

Daniel Adrião propõe debate com António Costa antes das eleições diretas

O dirigente socialista Daniel Adrião propôs ao secretário-geral do PS, António Costa, um debate entre ambos antes das eleições diretas para a liderança do partido, que se realizam nos dias 11, 18 e 19 deste mês.

A proposta foi transmitida no domingo por Agostinho Gonçalves, mandatário nacional da candidatura de Daniel Adrião, através de correio eletrónico dirigido ao mandatário da candidatura de António Costa, o deputado socialista Pedro Cegonho, mas, até ao momento, ainda não obteve qualquer resposta.

António Costa, atual primeiro-ministro e líder dos socialistas, candidata-se pela quarta vez ao cargo de secretário-geral do PS (2014, 2016, 2018 e 2021), enquanto Daniel Adrião, de 53 anos, cuja tendência minoritária representa cerca de 15% da Comissão Política do partido, concorre ao lugar pela terceira vez (2016, 2018 e 2021).

Esta não é a primeira vez que Daniel Adrião propõe um debate com António Costa. Antes das eleições diretas para o cargo de secretário-geral do PS em 2018, Daniel Adrião também desafiou António Costa para um debate, mas essa ideia não teve qualquer resposta da parte do atual líder socialista.

Na carta dirigida ao mandatário de António Costa, a candidatura de Daniel Adrião defende que as eleições para o cargo de secretário-geral do PS "assumem uma enorme importância junto de todos os militantes, sendo um dos momentos mais relevantes da vida interna" desta força política.

"Não pode uma eleição com esta importância, que se pretende esclarecedora e norteada por princípios de igualdade, prescindir da realização de um debate entre os candidatos. Assim, propomos um debate entre os dois candidatos ao cargo de secretário-geral a realizar até ao dia 10 de junho, antes da votação online do dia 11 de junho", lê-se na missiva enviada pela candidatura de Daniel Adrião.

Esta candidatura sugere depois que esse debate "deverá ser transmitido em streaming, através do site e das redes sociais do PS".

PUB

"É nossa obrigação esclarecer os militantes, promovendo o debate interno e afirmando a pluralidade no partido. Não fugirá, certamente, nenhuma das candidaturas a esta obrigação para com os militantes", acrescenta-se.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG