Universidade do Porto

Descoberta nova espécie de morcego em Portugal

Descoberta nova espécie de morcego em Portugal

Foi descoberta em Portugal uma nova espécie de morcego, confirmada geneticamente num estudo que sequenciou o
código de barras de 26 espécies com presença no país.

O morcego foi descoberto, em 2005, no Parque Nacional Peneda-Gerês por uma equipa de investigadores do Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos (CIBIO-InBIO). Mas na altura, tinha sido identificado como um morcego-de-bigodes (Myotis mystacinus), muito semelhante com a espécie agora revelada. A verdadeira identidade desta nova espécie só foi confirmada neste estudo, publicado na revista "Biodiversity Data Journal", em que os investigadores sequenciaram o "código de barras" de ADN de 26 espécies com presença no país".

"De acordo com este estudo, o ADN do indivíduo capturado no Gerês corresponde na realidade à espécie 'Myotis alcathoe' cuja presença em Portugal era até agora desconhecida", lê-se no documento.

A espécie, que os investigadores acreditam poder encontrar-se por "toda a região Norte em locais com floresta madura atravessada por rios", junta-se assim ao "recente confirmado morcego-de-franja-críptico, capturado no sítio de importância comunitária Alvão/Marão", refere o centro.

O estudo agora divulgado foi desenvolvido no âmbito dos projetos EnvMetaGen e PORBIOTA, uma iniciativa que consiste na construção de uma biblioteca de "código de barras" de ADN focada especialmente em animais invertebrados, mas que inclui agora "quase todos os quirópteros [morcegos] portugueses".

"Espera-se que esta coleção de referência do CIBIO-InBIO seja uma ferramenta fundamental para a monitorização da biodiversidade a longo prazo e em larga escala na Península Ibérica, assim como para a descoberta de novas espécies em Portugal e no Mundo", conclui o centro da Universidade do Porto.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG