O Jogo ao Vivo

Pandemia

Dia sem mortes por covid mas com mais doentes internados e 2041 casos

Dia sem mortes por covid mas com mais doentes internados e 2041 casos

Portugal registou 2041 casos de covid-19 nas últimas 24 horas. Não foi reportada qualquer morte, mas os doentes internados voltaram a aumentar.

A pandemia de covid-19 infetou 889088 pessoas com o vírus da SARS-CoV-2 desde março de 2020, 2041 nas últimas 24 horas, período no qual não foi reportada qualquer morte. Desde 14 de junho que não havia um dia sem vítimas mortais associadas aquela doença.

Nos hospitais, há mais 24 internados, com o total de hospitalizados a cifrar-se em 567. Destes, 128 estão em unidades de cuidados intensivos, mais seis do que ontem.

O total de internamentos em UCI sobe pelo terceiro dia consecutivo e é idêntico ao registado a 9 de abril. O número de acamados, que aumenta pela quinta vez seguida, é equiparada ao registado em finais de março.

Os 2041 casos reportados este domingo representam uma quebra de 564 face aos dados de sábado. No entanto, aquele que é o quinto dia seguido com mais de dois mil casos diários de covid-19, configura um aumento de 545 infeções face aos dados de domingo passado e mais do dobro das 941 infeções registadas há 15 dias.

Recuando no mês de junho, percebe-se a tendência de subida da epidemia em Portugal, que há um mês reportava 612 infeções. Há três semanas eram 609.

PUB

O total de casos ativos sobe pelo 13.º dia consecutivo e ascende a 38124 (mais 1386 este domingo), enquanto o número de pessoas sob vigilância das autoridades, por terem estado em contacto com um infetado, ascende a 58300, mais 1526 do que ontem. Nas últimas 24 horas, 655 pessoas foram consideradas curadas da doença - 833852 desde o início da pandemia.

Lisboa e Vale do Tejo (LVT) é a região do país mais afetada pela pandemia, este domingo, pela primeira vez em semanas, com menos de 50% do total de casos registados pelo boletim da Direção-Geral da Saúde.

Com 928 novas infeções, LVT acumula 345038 casos de covid-9 desde o início da pandemia, período no qual morreram 7275 pessoas no entorno da capital.

A Região Norte, ainda a mais afetada pelo vírus, regista mais de 500 casos de covid-19 pelo quarto dia seguido. Com mais 564 infeções, depois de 557 sábado, 553 na sexta e 566 na quinta-feira, a zona mais setentrional do país acumula 348065 infeções desde o início da pandemia, em março de 2020. Neste período, morreram 5368 pessoas em terras nortenhas.

Apesar da diminuição de 299 para 252 de sábado para domingo (menos 47 casos), o Algarve somou o quinto dia seguido com mais de 200 infeções associadas à covid-19. Com esta cifra, o extremo sul de Portugal continental acumula 25470 infeções e 365 mortes desde o início da pandemia.

A Região Centro, a terceira mais afetada pela pandemia, reportou menos 102 casos de covid-19 face aos dados de sábado, quando tinha apresentado uma subida de 95 face a sexta-feira. No total, reportou 122964 infeções e 3027 mortes desde março de 2020.

O Alentejo registou 63 casos, menos 15 que ontem, acumula 31283 infeções e 973 mortes associadas à covid-19 desde o início da pandemia.

Nas ilhas, os Açores registaram 52 novos casos, o valor mais alto desde os 54 de 30 de janeiro. Somam agora 6299 infeções e 34 mortes desde o início da pandemia. Na Madeira, estão registadas 9969 infeções (mais 11) e 70 óbitos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG