Exclusivo

Diretas do PSD podem estar em risco

Diretas do PSD podem estar em risco

A data das diretas do PSD pode estar em risco, caso o Conselho de Jurisdição Nacional do partido decida a favor de um militante do Porto, que pediu a impugnação do Conselho Nacional que marcou as eleições para a escolha do sucessor de Rui Rio.

O pedido deu entrada, terça-feira, no Conselho de Jurisdição Nacional (CJN) do PSD, presidido por Paulo Colaço. Um militante do PSD/Porto, Davide Henrique Cruz, pediu a impugnação do Conselho Nacional de 14 de março, que marcou as eleições diretas do partido para 28 de maio e o congresso para 1, 2 e 3 de julho.

No pedido de impugnação, Davide Henrique Cruz (que se afirma representante de "duas dezenas de militantes") critica as "irregularidades ultimamente recorrentes no PSD" e pede que sejam "anuladas as deliberações" que também considera terem sido irregulares e que foram tomadas naquele Conselho Nacional, que decorreu em Ovar, sem a presença do líder do partido, Rui Rio, por ter contraído, na véspera, covid-19.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG