Perguntas e respostas

Disseram-lhe para ficar em isolamento. E agora?

Disseram-lhe para ficar em isolamento. E agora?

O isolamento é a medida mais importante no corte da transmissão da doença na comunidade. No entanto, levanta muitas dúvidas de operacionalização. Vamos tentar responder a algumas das questões mais frequentes.

Quem deve ficar isolado?

O doente e aqueles que tiveram exposição com essa pessoa (isolamento profilático).

Onde devo fazer o isolamento?

O isolamento é feito em casa. Durante o período recomendado, não pode ir para o trabalho, escola ou espaços públicos.

E onde fico?

Deve ficar numa divisão arejada, separada dos restantes conviventes, com a porta fechada. Preferencialmente utilize uma casa de banho individual, com utensílios de higiene próprios, toalhas separadas. Se isso não for possível, deve ter o cuidado de limpar bem a casa de banho com água e lixívia após a sua utilização. Deve também ter o cuidado de não partilhar toalhas ou outros utensílios com outros membros da família.

Posso sair de casa?

Não. Deve permanecer sempre em casa. Não vá para o trabalho, escola ou espaços públicos. Não utilize transportes públicos ou táxi até ser informado de que pode fazê-lo. Se precisar de mantimentos ou medicamentos, deve pedir ajuda ou, em alternativa, fazer os pedidos por telefone ou online. Nas instruções de entrega indique que as embalagens devem ser deixadas do lado de fora da porta e faça o pagamento online.

E as outras pessoas em casa?

Devem ficar numa divisão arejada separada dos restantes conviventes, com a porta fechada. Se não conseguir evitar partilhar espaço com os seus conviventes, faça-o apenas por períodos curtos, sempre com máscara, com uma distância de segurança de 1 a 2 metros e lave as mãos com frequência. Não utilize (ou evite utilizar) cozinha, sala ou espaço de refeições juntamente com as outras pessoas. Deve fazer as suas refeições sozinho (recorde-se que nesse tempo não vai estar a utilizar máscara e vai estar a tocar numa série de objetos em cima da mesa). Evite a partilha de objetos dentro de casa. Evite o contacto com animais domésticos - caso o faça, lave as mãos antes e após o contacto.

Posso receber visitas?

Não! Não convide nem permita visitas. Todavia, não tem de ficar isolado do mundo - utilize telefone ou ferramentas digitais que existem hoje ao seu dispor.

E que outros cuidados devo ter?

Já ouviu falar da higiene respiratória? É para ser cumprida sempre. Tussa ou espirre para um lenço de papel ou para o braço, e nunca para as mãos. Use sempre lenços de papel de utilização única e deite-os ao caixote de lixo depois de utilizados. Lave frequentemente as mãos (e sempre depois de tossir ou se assoar), com água e sabão, esfregando-as bem durante pelo menos 20 segundos e seque-as bem. Evite tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos sujas ou contaminadas com secreções respiratórias.

Como devo proceder com a limpeza na casa?

Os utensílios de cozinha devem ser lavados em máquina, a temperaturas altas. Se não for possível, lave-os manualmente com água quente e detergente, devendo secá-los com um pano individual. Na impossibilidade de casa de banho individual, reforçar a limpeza desta após a sua utilização, com água e lixívia. Na limpeza de superfícies que possam ser danificadas com lixívia, pode, em alternativa, utilizar álcool a 70ºC. A roupa deve ser lavada a temperaturas altas, preferencialmente 60ºC ou mais, caso a natureza do têxtil permita.

Por fim, pense que é apenas uma fase complicada para todos e que poderemos retomar a normalidade mais rapidamente se todos cumprirmos as medidas preconizadas pelas autoridades de saúde. Ao cuidar de si, está também a cuidar de todos. Por Si. Por Todos.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG