O Jogo ao Vivo

Premium

Do protesto ao pesar, votos já são quase tantos como num ano

Do protesto ao pesar, votos já são quase tantos como num ano

Em pouco mais de um mês, foram entregues no Parlamento 103 votos, apesar de Ferro Rodrigues pedir moderação. São já 86,5% dos 119 apresentados na primeira sessão da anterior legislatura.

Em pouco mais de um mês os partidos já entregaram uma centena de votos, de protesto, condenação, congratulação, saudação ou pesar. O número faz deste Parlamento recordista porque ontem já ascendia aos 103 registos quando, só no primeiro ano da anterior legislatura, foram apresentados 119 votos. Ou seja, desde o final de outubro, 86,5% deste total já foi alcançado. Só ontem, o Chega apresentou nove pedidos.

Há votos para todas as ocasiões, com particular incidência nos assuntos internacionais. Foi o caso da proposta apresentada pelo PCP, de condenação da nova agressão israelita a Gaza, que abriu a rutura do Livre com a sua deputada, após Joacine Katar Moreira ter optado pela abstenção, no passado dia 22.