Exclusivo

Doença invasiva rara mata 15 crianças no Reino Unido

Doença invasiva rara mata 15 crianças no Reino Unido

As infeções por estreptococo do grupo A em idade pediátrica, que causam amigdalite, faringite ou escarlatina, são frequentes em Portugal. Podendo desencadear, em situações raras, uma doença invasiva (iGAS) que entra na corrente sanguínea, podendo gerar um choque tóxico. Desde setembro, morreram 15 crianças no Reino Unido, a maioria com menos de 10 anos. Ao JN, o pediatra Caldas Afonso deixa uma mensagem de tranquilidade aos pais: "É muito raro [iGAS]. A infeção por estreptococo do grupo A é frequente, banal. Não há razão nenhuma para entrarmos numa situação de pânico".

Os casos estão a preocupar as autoridades do Reino Unido. Tendo, de acordo com o "The Guardian", o ministro da Educação admitido a possibilidade de administração preventiva de antibióticos em crianças de escolas com casos positivos.
De acordo com a Agência de Saúde e Segurança, "em ocasiões muito raras, a bactéria pode entrar no sistema sanguíneo e causar uma doença chamada iGAS". Apesar de "incomum, tem-se registado um aumento, (...) sobretudo em crianças com menos de 10 anos".

Infeção frequente e leve

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG