Sondagem

Dois terços rejeitam uso obrigatório da StayAway Covid

Dois terços rejeitam uso obrigatório da StayAway Covid

Os portugueses não se importam de ser obrigados a usar máscaras na rua, mas não aceitam imposições ao uso da aplicação StayAway Covid no telemóvel: 67% rejeitam essa iniciativa do Governo e 48% "discordam totalmente" (incluindo os eleitores do PS, com 41%).

De acordo com o barómetro da Aximage para o JN e a TSF, a rejeição total percorre todo o espetro político-partidário, mas é mais pronunciada à Direita, e em particular entre os portugueses que votam no Chega, na Iniciativa Liberal e no PSD.

Posições que não parecem resultar da ignorância sobre o tema: 97% dos inquiridos ouviram falar da proposta de tornar obrigatório o uso da aplicação nos telemóveis.

Outro dado fundamental é o que nos diz que 67% dos portugueses não usam a StayAway Covid.

Para 8% a explicação é que não têm telemóveis que suportem a aplicação. Um problema inultrapassável sobretudo para quem tem 65 ou mais anos (19%), para os residentes na Região Centro (15%) e para os mais pobres (23%).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG