Exclusivo

Dose de reforço covid para crianças a partir dos 12 com doenças de risco

Dose de reforço covid para crianças a partir dos 12 com doenças de risco

O reforço sazonal da vacina contra a covid-19, cuja campanha está prevista arrancar no próximo dia 5, só será administrado a pessoas com menos de 60 anos com patologias de risco. Incluindo-se neste grupo a faixa etária dos 12-17 anos, conforme recomendado pela Comissão Técnica de Vacinação. Os detalhes da estratégia serão conhecidos na próxima sexta-feira, no dia a seguir à tomada de posição da Agência Europeia do Medicamento (EMA) sobre as vacinas adaptadas à variante ómicron.

Nas suas linhas orientadoras para o plano outono-inverno, a Direção-Geral da Saúde (DGS) inclui como elegíveis para a dose de reforço "adolescentes com 12-17 anos e pelo menos uma das comorbilidades" já identificadas, como sejam, por exemplo, neoplasia maligna ativa, diabetes, doenças neurológicas, cardiovasculares e pulmonares. Refira-se que para o grupo 5-11 anos a EMA não autorizou ainda aquele reforço. Relativamente à imunização de grávidas, não é conhecido ainda o parecer e, ao JN, a DGS remeteu mais informações para esta semana.

Decaimento de proteção

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG