Conferências de Matosinhos

À procura de respostas eficazes

À procura de respostas eficazes

Amanhã e sexta-feira, as Conferências de Matosinhos irão debruçar-se sobre a violência em contexto familiar.

Serão dois dias marcados por vários painéis, que juntarão especialistas nacionais e internacionais no Salão Nobre da Câmara Municipal. O grande objetivo do evento, coorganizado pelo Município de Matosinhos, pelo "Jornal de Notícias" e pelo Fórum Europeu para a Segurança Urbana, é promover uma crítica reflexiva sobre as atuais práticas e modelos de intervenção para, depois, conceber e delinear melhores respostas para uma intervenção local mais eficaz.

A organização lembra que "a violência nas relações de intimidade continua emergente como uma epidemia social inegável que requer a maior atenção de todos nós, bem como intervenções muito bem desenhadas e estruturadas por forma a combatê-la". Assim, prossegue o programa das conferências, "torna-se crucial reunir o conhecimento atualmente existente" e "partilhar as intervenções e instrumentos de terreno com evidências de significativo impacto", de modo a desenvolver uma "política de rede mais bem entrecruzada", que inclua políticas e modelos de intervenção local articulados.

O método proposto para os trabalhos dividiu as conferências em três grandes momentos: (re)CONHECER - Violência e vítimas, (re)AGIR - Intervenção no terreno e (re)PENSAR o FUTURO - Prevenir. No primeiro momento, os painéis irão tentar ajudar a caracterizar mais especificamente o fenómeno, tendo em conta as vulnerabilidades socioculturais e os novos paradigmas conceptuais.

Nos painéis da temática (re)AGIR, o grande objetivo será ajudar a perceber que tipo de intervenção se faz com vítimas e pessoas agressoras e quais as limitações terapêuticas, policiais e jurídicas que deverão ser superadas para garantir melhor proteção dos agredidos e diminuição da reincidência.

Por fim, no segundo dia das conferências, o (re)PENSAR o FUTURO tem programados painéis de reflexão sobre as práticas de intervenção/educação, bem como de sensibilização social, para prevenir este problema no futuro e para perceber o que está a resultar e o que precisa de ser melhorado nesta matéria.

O painel final deste terceiro momento visará a troca de experiências de planeamento de intervenção em grandes cidades, para que, juntamente com os conhecimentos adquiridos nos restantes painéis, se possam extrair linhas de ação para o desenho de políticas locais integradas de intervenção no combate à violência em contexto familiar.

Conferências de Matosinhos

Outras Notícias