Nacional

Arquivado inquérito à morte de jovem com gripe A

Arquivado inquérito à morte de jovem com gripe A

O Ministério Público arquivou o inquérito sobre a morte de um jovem de 14 anos, ocorrida em Novembro de 2009, depois de ter sido assistido no Hospital D. Estefânia com sintomas gripais, anunciou, segunda-feira, o DIAP de Lisboa.

O Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) de Lisboa explicou que decidiu arquivar o inquérito por "não ter estabelecido nenhum nexo de causalidade com erros na assistência médica ou falta do cuidado", embora "o relatório de autópsia tenha confirmado a morte do jovem por gripe A".

O adolescente faleceu em casa, a 30 de Novembro de 2009, após ter sido assistido no Hospital D. Estefânia, em Lisboa, com sintomas gripais com suspeita de eventual ligação ao vírus H1N1.

Depois de ter sido assistido foi enviado para casa, onde acabou por morrer com fortes hemorragias.

Na ocasião, o Hospital D. Estefânia referiu, em comunicado, que a avaliação clínica e imagiológica apontou para uma situação que "não carecia de internamento" e, por isso, o jovem foi enviado para casa com medicação de suporte.

"Toda a actuação clínica esteve de acordo com as orientações técnicas" da Direcção-Geral da Saúde, garantiu o hospital.