Nacional

Manifestantes em Lisboa rumam à Praça de Espanha

Manifestantes em Lisboa rumam à Praça de Espanha

Os milhares de pessoas que se concentraram na Praça José Fontana, em Lisboa, de onde sai a manifestação "Que se lixe a troika" Queremos as nossas vidas!", começaram a partir em direção à Praça de Espanha às 16.50 horas.

Os manifestantes iniciaram o percurso, que passa pelo Saldanha, Avenida da República, onde estão situados os escritórios do Fundo Monetário Internacional (FMI) em Lisboa, e Avenida de Berna, dez minutos antes do previsto.

Muitos gritavam palavras de ordem como "Portugal", "Gatunos" e "O povo unido jamais será vencido", tinham no ar os punhos cerrados e empunhavam a bandeira nacional.

Na praça e no início do percurso, que a Lusa está a acompanhar, não é visivel grande aparato policial.

Pelas 16.30 horas, no coreto da Praça José Fontana, onde está montado um microfone, já havia intervenções de pessoas que iam participar na manifestação e música a tocar.

Mais de 50 mil pessoas são esperadas hoje, em Lisboa, na manifestação contra as medidas de austeridade anunciadas pelo Governo, num protesto que também vai decorrer noutras 40 cidades portuguesas.

O apelo para a manifestação "Que se lixe a troika! Queremos as nossas vidas!" surgiu na Internet, através das redes sociais, e foi inicialmente organizada por algumas pessoas de Lisboa, mas acabou por ser acolhida em várias regiões de Portugal, assim como em Fortaleza (Brasil), Berlim, Barcelona, Bruxelas, Paris e Londres.

PUB

Criada ainda no mês de agosto, a manifestação ganhou peso após as medidas de austeridade anunciadas na semana passada pelo primeiro-ministro, Passos Coelho.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG