O Jogo ao Vivo

Liga Inglesa

Portugal com pior taxa de ensino de língua estrangeira no Básico

Portugal com pior taxa de ensino de língua estrangeira no Básico

Portugal tinha, em 2013, a pior taxa de alunos do ensino básico que aprendiam uma segunda língua na União Europeia (35,2%), muito abaixo dos 81,7% de média dos 28 Estados-membros.

Tal como acontece na média da União Europeia (UE, 77,1%), a segunda língua mais estudada em Portugal é o inglês (34,9%), seguindo-se o espanhol (0,1%).

Em 2013, segundo o gabinete oficial de estatísticas Eurostat, em Chipre, no Luxemburgo, em Malta e na Áustria todos os alunos do ensino básico aprendem uma segunda língua, seguindo-se a Croácia (99,9%), a Itália (99,7%), a Espanha (99,6%), a França (98,8%) e a Polónia (97,3%).

Em alguns Estados-membros são ensinadas duas línguas estrangeiras no ensino básico, nomeadamente no Luxemburgo (83,8%), seguindo-se a Estónia (32,8%) e a Grécia (25,9%).

No extremo oposto estão Portugal, com 35,2% dos alunos do básico a aprenderem uma segunda língua, a Bélgica (38,1%) e a Eslovénia (49,8%).

Em 2013, 17,7 milhões de alunos do ensino básico da União Europeia (UE) estudavam pelo menos uma língua estrangeira, o que representa 81,7% do total.

Este ano letivo, em Portugal, o ensino do Inglês para todos os alunos que agora entram para o 3.º ano do ensino básico passou a ser obrigatório.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG