Nacional

Coligação só fará três comícios de rua

Coligação só fará três comícios de rua

A coligação PSD/CDS--PP só irá fazer três comícios de rua assim que arrancarem os dias quentes da campanha eleitoral das legislativas, a 20 de setembro. Vila Real, Porto e Lisboa foram as cidades escolhidas pela direção de campanha para os comícios.

Mas, diariamente, Pedro Passos Coelho e Paulo Portas irão contar com diversas intervenções em almoços e jantares, além de prometerem uma presença ativa nas redes sociais. Os dois líderes partidários vão ainda ter uma agenda paralela já a partir da próxima terça-feira, 15 de setembro, partilhando o palco em algumas sedes de distrito ao longo das próximas três semanas até às eleições, de acordo com o plano da "Maratona Portugal à Frente", apresentado pelo diretor de campanha da coligação, o social-democrata José Matos Rosa. Apesar do período oficial de campanha só começar dentro de 10 dias, a coligação vai arrancar já amanhã para a rua, rumando a Braga.

Ali, tal como em todas as sedes de distrito, irão ter lugar encontros com sindicalistas, jovens, mulheres, associações e autarcas. As redes sociais vão ser também um dos palcos da campanha: hoje mesmo será ali divulgado um vídeo de Passos Coelho dando o tiro de partida para a campanha. Portas em paralelo com Passos A partir do dia 21, a "Maratona Portugal à Frente" incidirá a sua ação na maior parte dos dias na região Norte do país. Os parceiros de coligação partem de Lisboa, passam por Beja, Faro, Setúbal, Bragança, Vila Real, Viana do Castelo, Braga, Aveiro e Porto.

Regressam de novo a Braga e seguem depois para Leiria, Coimbra e Viseu. Antes do comício de encerramento em Lisboa, a coligação passará pelo Porto. Portas e Passos vão ter uma agenda em paralelo em pelo cinco vezes. Para Matos Rosa, justificou este "desdobramento" com "ganhos de escala", dada a "grande notoriedade"de ambos os líderes.