Nacional

Fernando Nogueira faz vídeo de apoio a Passos Coelho

Fernando Nogueira faz vídeo de apoio a Passos Coelho

O antigo presidente do PSD Fernando Nogueira defendeu, esta segunda-feira, que, com a "coragem" de Pedro Passos Coelho, Portugal ultrapassou a maior crise económico-financeira da história contemporânea, e advertiu contra as "experiências não testadas" do PS.

Fernando Nogueira transmitiu estas mensagens sobre as legislativas de domingo num vídeo de apoio à coligação PSD/CDS-PP que foi exibido num jantar comício desta candidatura realizado no Expocentro de Pombal, no distrito de Leiria.

No final desse vídeo, o antigo ministro dos governos do PSD chefiados por Cavaco Silva considerou que "não basta conferir uma maioria relativa a Pedro Passos Coelho e à coligação Portugal à Frente", invocando para este efeito a sua experiência enquanto membro do executivo minoritário que governou entre 1985 e 1987.

"Muita da nossa energia e esforço eram usados para discutir problemas de lana-caprina no dia-a-dia, desviando a nossa atenção dos problemas mais importantes", referiu.

Segundo Fernando Nogueira, "Portugal pode assegurar a consolidação da recuperação económica que iniciou", mas para isso é preciso que seja dada "estabilidade ao Governo, segurança, porque as adversidades são muitas e os fatores de perturbação externa continuarão a advir".

"Acredito que, com essa maioria no parlamento, Pedro Passos Coelho reforçará a esperança dos portugueses e proporcionará um futuro melhor aos meus filhos, aos meus netos e a todos os portugueses", reforçou.

No seu entender, o PS "diz ter um caminho alternativo, só que esse caminho assenta em experiências não testadas ainda, sem contornos definidos e das quais não se antecipa um resultado seguro".

"Pior do que isso, foi essa mesma força que no Governo cometeu erros gravíssimos que levaram ao desastre no país, e a verdade é que até hoje não assumiram frontalmente os seus erros. E é mais do que certo que aqueles que não aprendem com os erros praticados no passado voltam a cometer os mesmos erros no futuro", sustentou.

Fernando Nogueira começou por lembrar que em 2011 decidiu quebrar "um longo silêncio político" para apoiar o atual presidente do PSD. "Passada a legislatura, julgo que cumpri o meu dever e que o resultado final é um resultado que retirou Portugal do precipício", disse.

De acordo com o antigo ministro, esse resultado exigiu "medidas muito duras e difíceis que outro qualquer sem a sua coragem e com cedências fáceis ao populismo não teria conseguido tomar".

Ainda em elogio a Passos Coelho, Fernando Nogueira acrescentou: "Registo também a tolerância democrática que ele revelou perante os obstáculos, as hostilidades, as críticas que lhe eram feitas amiúde, como talvez nunca tenham sido feitas a um outro primeiro-ministro".

ver mais vídeos