Presidenciais 2016

Marcelo diz não querer polémicas e recusa responder a Marisa

Marcelo diz não querer polémicas e recusa responder a Marisa

O candidato presidencial Marcelo Rebelo de Sousa afirmou esta terça-feira não querer alimentar polémicas para recusar comentar a acusação da candidata Marisa Matias de que o professor de Direito mentiu sobre a constitucionalidade do Orçamento do Estado para 2012.

"Não alimento polémicas nenhumas durante esta campanha, nem por minha iniciativa, nem em resposta aquilo que têm dito candidatos e candidatas", afirmou Marcelo Rebelo de Sousa aos jornalistas à margem da sua participação num almoço das câmaras de comércio luso-francesa e luso-alemã, em que discursou em respondeu a perguntas, num hotel de Lisboa.

Marcelo Rebelo de Sousa disse não querer "entrar em polémicas pessoais", porque tem sido essa a sua "orientação durante a campanha", sobretudo "em relação ao passado", argumentando que "os portugueses querem que se fale do futuro".

A candidata presidencial Marisa Matias acusou hoje Marcelo Rebelo de Sousa de ter mentido no debate de segunda-feira sobre a posição que o próprio, então comentador televisivo, assumiu relativamente à constitucionalidade do Orçamento do Estado para 2012.

"Está disponível para toda a gente poder ver - quer em vídeo, quer nas notícias que saíram na altura - o que disse na altura o doutor Marcelo Rebelo de Sousa em 2012 quando aceitou como constitucionais cortes nos salários e nas pensões que eram inconstitucionais. O doutor Marcelo Rebelo de Sousa ontem [segunda-feira] mentiu. Isso é um problema dele, não é um problema meu", acusou Marisa Matias em declarações aos jornalistas no final de uma visita ao IPO de Lisboa.