Presidenciais

Nóvoa diz que será um "Presidente de proximidade"

Nóvoa diz que será um "Presidente de proximidade"

O candidato presidencial António Sampaio da Nóvoa arrancou o quinto dia de campanha em Coruche declarando que, caso seja eleito para Belém, será um "Presidente presente, de proximidade e da Constituição".

"A Constituição é a referência central da nossa vida democrática", lembrou a algumas dezenas de presentes que, a seu lado, inauguraram no centro de Coruche a sede local de apoio à candidatura do antigo reitor às eleições presidenciais de 24 de janeiro.

O candidato esteve acompanhado por Francisco Silvestre de Oliveira, presidente da câmara de Coruche, e enalteceu os apoios que tem recebido de autarcas "socialistas, independentes, de outros partidos".

Antes, Nóvoa havia estado no Observatório do Sobreiro e da Cortiça, na zona industrial perto de Coruche, sendo que o almoço-comício está marcado para Abrantes.