O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Eleitores impedidos de votar nas presidenciais por já terem o nome riscado

Eleitores impedidos de votar nas presidenciais por já terem o nome riscado

A Comissão Nacional de Eleições (CNE) recebeu 17 queixas por possível fraude nas eleições presidenciais realizadas a 24 de janeiro.

De acordo com as atas das reuniões da CNE, que o JN consultou, a maioria das queixas é relativa a eleitores que se viram impedidos de votar porque já tinham o nome riscado quando chegaram à mesa de voto.

Uma grande parte dos queixosos inscreveu-se para exercer o direito de voto antecipado, mas não compareceu. Porém, quiseram votar no dia das eleições e, quando chegaram à mesa de voto, foram informados que já tinham votado de forma antecipada. De acordo com as atas da CNE, isto aconteceu nas freguesias de Montijo e Afonsoeiro (concelho do Montijo), Carnaxide e Queijas (Oeiras), Algueirão Mem-Martins (Sintra), Ramalde, Lordelo do Ouro e Massarelos (Porto), Vairão (Vila do Conde), Lumiar (Lisboa), Baguim do Monte (Gondomar).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG