Exclusivo

Em Viseu, um sistema com dois meses já filmou incendiários em flagrante

Em Viseu, um sistema com dois meses já filmou incendiários em flagrante

Câmaras conseguiram detetar focos de incêndio na floresta com novo sistema de videovigilância, evitando quatro potenciais grandes incêndios.

O sistema de videovigilância florestal que começou a funcionar há pouco mais de dois meses na região Viseu Dão Lafões já apresenta resultados: foram detetados a tempo de evitar uma tragédia quatro focos de incêndio em zonas florestais muito densas e chegaram à Justiça provas que deverão levar à captura de eventuais incendiários.

As câmaras operam 24 horas por dia, sete dias por semana, 365 dias por ano. Entre maio e novembro, as imagens recolhidas são analisadas por militares da GNR, no Comando Distrital de Operações de Socorro de Viseu. São seis os ecrãs que mostram toda a informação recolhida no momento pelas quatro torres já em funcionamento. Depois desse período, tudo passa a ser visualizado no comando distrital. São quatro os elementos afetos ao serviço.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG