Nacional

Emigração continua a crescer sem sinal de abrandamento

Emigração continua a crescer sem sinal de abrandamento

O ministro Poiares Maduro desvalorizou, esta terça-feira, o fenómeno da emigração, mas os números demonstram que o fluxo de saídas continua a aumentar.

Segundo o Observatório da Emigração, em 2013 saíram de Portugal 110 mil pessoas e os dados de 2014 vão superar este valor. O tema causou polémica durante a audição do ministro na comissão para a Ética, a Cidadania e a Comunicação, com Poiares Maduro a pedir "seriedade" e "rigor" na análise das estatísticas.

Leia mais na versão e-paper ou na edição impressa.