O Jogo ao Vivo

Exclusivo

"Empresas têm que ter capacidade para antecipar" a situação económica

"Empresas têm que ter capacidade para antecipar" a situação económica

O presidente da Associação Empresarial de Portugal, que lançou o segundo dia da QSP Summit, adverte para a necessidade das empresas terem capacidade de antecipação face à evolução geopolítica com "implicações socioeconómicas incontornáveis".

Começou com as palavras de Luís Miguel Ribeiro, presidente da Associação Empresarial de Portugal (AEP), o segundo dia da 15ª edição da conferência de marketing e gestão, que se realiza na Exponor (Matosinhos,) e chega a mais de três mil pessoas.

"Hoje mais que nunca temos de ser capazes de pôr em causa as tradicionais formas de pensamento. Estamos perante uma evolução geopolítica com implicações socioeconómicas incontornáveis, e as empresas terão de ter a capacidade de absorver, antecipar e dominar", avisa o líder da AEP, lembrando que a associação debate, há alguns anos, a questão essencial da sustentabilidade.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG