Exclusivo

Ensino à distância. Nem à janela Érica consegue Internet para as aulas 

Ensino à distância. Nem à janela Érica consegue Internet para as aulas 

Érica, com sete anos, tem dificuldade em acompanhar as lições, porque a rede está sempre a falhar.

"Difícil". É desta forma que Erica, sete anos, descreve a primeira semana de aulas à distância, a partir da aldeia de Casal, na zona serrana de Águeda. A fibra parou a cerca de 1,2 quilómetros da casa da família e as aulas online, quando chegam, mal se percebem.
"No quarto e no resto da casa não dá", explica a criança. E mesmo na sala, à janela, com o pai, Hugo Ferreira, a esticar o braço, para o router apanhar alguma rede, "a imagem está sempre a parar e não se percebem as palavras da professora".

Nesta segunda-feira, Érica não conseguiu ver nem o powerpoint de matemática que a professora usou para ensinar os colegas. Como não conseguiu ver a docente ou os amigos. "A imagem pára e as palavras mal se percebem", insiste a criança. Seguiu-se, como em muitos outros dias, o tradicional telefone do pai à professora, que se tem esforçado por lhes fazer chegar o material por e-mail.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG