Covid-19

Ensino Superior com 61 positivos em 139 mil testes

Ensino Superior com 61 positivos em 139 mil testes

As instituições de Ensino Superior, tanto públicas como privadas, realizaram, até 14 de maio, 138.924 testes rápidos de antigénio à covid-19. Daquele total, contavam-se 61 positivos, numa taxa de positividade de 0,04%. As universidades e politécnicos públicos respondiam por 70% dos testes realizados.

De acordo com dados da Direção-Geral do Ensino Superior (DGES), 33,7% dos testes foram realizados em instituições de Lisboa, que contabilizavam 30 casos positivos. Segue-se o Norte, com 31,6% dos testes rápidos realizados e 21 positivos.

A Universidade de Lisboa, a maior instituição de Ensino Superior do país, é a que mais testa os seus estudantes: 17.255. Seguem-se a Universidade de Coimbra (8949) e o Politécnico de Leiria (7035). O quarto lugar é assumido pela Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias (privada), com 6961 testes. A Universidade do Porto realizou 6779 testes.

Refira-se que a campanha de testagem no Ensino Superior está a ser assegurada pela Cruz Vermelha Portuguesa que, em meados de abril, havia entregue 248 mil kits às instituições. Conforme previamente definido, as universidades e politécnicos com cursos na área da Saúde asseguram, com equipas internas, a testagem. De acordo com a DGES, são 17 instituições públicas, de um universo de 36, e 27 instituições privadas, de um total de 73. Nas restantes, a colheita é feita pela Cruz Vermelha.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG