Exclusivo

Escalada das infeções e das mortes por covid não tira pessoas das ruas

Escalada das infeções e das mortes por covid não tira pessoas das ruas

Mobilidade dos portugueses nos dias úteis continua a registar quase sempre valores superiores aos do período pré-pandemia, desde a semana do Natal.

O anunciado (re)confinamento geral e o agravamento da situação epidemiológica não travaram as deslocações dos portugueses. De acordo com a consultora PSE, especializada em ciência de dados, o nível de confinamento no último fim de semana manteve-se em linha com o dos anteriores. Já o nível de mobilidade durante os dias úteis continua a registar quase sempre, desde a semana do Natal, valores superiores aos do período pré-pandemia. Ontem e anteontem, não foi exceção.

É um comportamento que se observa desde que, em novembro, foi imposto o recolher obrigatório aos fins de semana a partir das 13 horas nos concelhos de risco elevado de propagação da covid-19, afirma Nuno Santos, especialista em análise de dados da PSE. "Ao longo da pandemia, os efeitos na mobilidade notam-se quando as pessoas voluntariamente se retraem. A partir do momento em que se impuseram restrições, a mobilidade aumentou durante os dias úteis e, em determinados períodos, chegou mesmo a ultrapassar os valores registados antes da pandemia", explica.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG