Nacional

Escolas não querem abdicar da figura do diretor

Escolas não querem abdicar da figura do diretor

As escolas não querem abdicar da figura do diretor, contrariamente ao que reivindica a Federação Nacional de Professores (Fenprof), avançou esta segunda-feira Filinto Ramos Lima, da Associação Nacional de Diretores Escolares (ANDAEP).

As escolas não querem deixar de ter diretores, embora aceitem que sejam eleitos "por um corpo eleitoral mais amplo", avançou Ramos Lima, da ANDAEP, que ontem auscultou dezenas de profissionais em Coimbra e Lisboa.

Em périplo pelo país, aquela associação tem mais uma reunião com professores na próxima segunda-feira, no Porto, para depois entregar ao Ministério da Educação as suas propostas.

Para já, Ramos Lima adianta que os docentes ouvidos "não querem abdicar da figura do diretor, introduzida pela ex-ministra Maria de Lurdes Rodrigues", pois "entendem que é uma referência importante, ainda que aceitem que aquele seja eleito, por exemplo, por todos os professores".

As escolas reclamam, ainda, "os resultados dos projetos piloto, no âmbito da municipalização, dos 15 concelhos onde foram colocados em prática", concluiu.

A ANDAEP levará as suas propostas à tutela "no início de novembro".

Outras Notícias