O Jogo ao Vivo

Ligação ferroviária

Espanha diz que linha Porto-Vigo é prioritária

Espanha diz que linha Porto-Vigo é prioritária

A ministra espanhola do Fomento acusou Portugal de não dar prioridade à modernização da linha Porto-Vigo e garantiu haver fundos europeus disponíveis. "Esta é uma obra prioritária" e "espero que, como se disse na Cimeira [Ibérica] de Baiona, se ponha em andamento rapidamente", afirmou.

Aos microfones da Rádio de Vigo, na semana passada, a ministra Ana Pastor afirmou que Portugal "tem de fazer um esforço na eletrificação da linha" e garantiu que Espanha já fez a sua parte do investimento. "Nós temos a linha pronta para quando os portugueses derem o OK". Falta eletrificar o troço entre Guillarei (a cinco quilómetros da fronteira) e Portugal "porque há o costume de roubar o cobre", justificou. A obra será feita "quando formos capazes [de que o comboio] funcione em uníssono com Portugal", afirmou, garantindo que "Espanha cumpriu".

A eletrificação da linha do Minho permitirá reduzir os tempo de viagem entre o Porto e Vigo das atuais duas horas e 15 minutos para 90 minutos, o que a tornará competitiva face ao automóvel. Isso mesmo foi dito por Sérgio Monteiro, até ontem secretário de Estado dos Transportes, à agência espanhola EFE. Em maio, a Refer abriu concurso para a conceção e construção de uma subestação que fornecerá eletricidade à linha, uma pequena parte da obra que o Governo anterior dizia que estará pronta em 2019 e que tem sofrido sucessivos adiamentos.

A ministra garantiu ainda que a obra tem financiamento. "Tivemos várias reuniões com a Comissão Europeia e com Portugal" e "fundos comunitários há", assegurou.

Ana Pastor, é cabeça de lista do Partido Popular ao Parlamento espanhol por Pontevedra, nas eleições do próximo dia 20 de dezembro. Está, portanto, em final de mandato. Na semana passada, antes de Cavaco Silva indigitar António Costa como primeiro-ministro, disse que estava "à espera" que se formasse um novo Governo para discutir o assunto com as autoridades portuguesas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG