Exclusivo

2020 foi o ano da aposta nos canis municipais nas cidades

2020 foi o ano da aposta nos canis municipais nas cidades

Nunca como em 2020 as câmaras municipais apostaram tanto na construção e ampliação de canis e gatis municipais. O número de centros de recolha oficial (CRO) contratualizados pelo Governo com as autarquias foi de 60 em 2020, mais do triplo dos 19 de 2019 e dos 17 de 2018.

Um pouco por todo o país nascem novos canis municipais, mas a Zona Centro, com 20 contratualizados, é a que mais está a apostar em novos CRO. Segue-se a Zona Norte, com 16 canis, e Lisboa e Vale do Tejo, com 12. Para este crescimento da aposta em abrigos de animais contribuiu o programa de concessão de incentivos dados pelo Governo à construção e ampliação de canis, nascido em 2018 de uma parceria entre o Ministério da Agricultura e o Ministério da Modernização do Estado e da Administração Pública. O primeiro financia e o segundo assina os protocolos através da Direção-Geral das Autarquias Locais.

Segundo o Ministério da Agricultura, os municípios receberam 2,2 milhões de euros, em 2018 e 2019. Os números de 2020 ainda não estão compilados, mas vão refletir um aumento exponencial, sendo que a verba para 2021 já foi reforçada em sede de Orçamento do Estado.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG