Premium

Como Guimarães evitou 52 inundações em cinco anos

Como Guimarães evitou 52 inundações em cinco anos


Bacias naturais que retêm a água foram a chave para acabar com o pesadelo das enxurradas na zona baixa da cidade. Solução de engenharia natural deu uma vida nova aos comerciantes e moradores da zona de Couros. Até o ministro do Ambiente da China quer replicar o projeto.

Uma véspera de Natal, no ano de 2013, mudou para sempre a vida dos comerciantes e moradores da zona de Couros, a parte baixa da cidade de Guimarães, carregada de património histórico e hoje candidata a Património da Humanidade. A 24 de dezembro de 2013, uma enxurrada de grandes proporções arrasou o interior de casas e lojas da Baixa vimaranense e foi o ponto de viragem para a decisão política que viria a culminar na construção das três bacias de retenção. Cinco anos depois, já foram evitadas 52 inundações.

Os moradores da Rua da Ramada que passaram por essa malfadada cheia na véspera de Natal ainda se lembram dela como se fosse hoje. Domingos Bragança, presidente da Câmara, tinha acabado de ser eleito há três meses e tinha um enorme problema em mãos. "Nesse dia tomei a decisão que tinha mesmo de resolver o problema. Era um investimento prioritário", conta o autarca.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG