Exclusivo

Compostagem doméstica e comunitária ganha adeptos

Compostagem doméstica e comunitária ganha adeptos

Transformar biorresíduos em adubo natural é uma prática cada vez mais comum nos grandes centros urbanos, graças a ações municipais e de empresas de resíduos. As cidades portuguesas estão cada vez mais adeptas da compostagem. Se todos optássemos por esta prática, diminuiríamos o lixo que produzimos em um terço..

Sendo o ambiente um dos principais desafios do século XXI, Portugal está a criar uma rede de recolha que já ensinou milhares de famílias e vai às escolas. Até final de 2023, todos os estados membros da União Europeia têm de implementar um sistema de separação e reciclagem de biorresíduos. No entanto, existem cidades que há muito encontraram estratégias para diminuir a quantidade produzida.

Há ações de formação que incluem a oferta de compostores às famílias que têm horta ou jardim, mas as iniciativas que colocam compostores comunitários em bairros também se estão a multiplicar e destinam-se a residentes em apartamentos que não têm onde fazer o composto.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG