Lisboa

Animais na calçada do novo Campo Mártires da Pátria

Animais na calçada do novo Campo Mártires da Pátria

Galos a cantar pela manhã, patos a atravessar a rua e famílias a praticar desporto ou simplesmente a passear. Esta é a nova vida de um dos mais belos jardins de Lisboa.

Depois de anos a fio com um piso muito degradado, que acumulava poças de água e afastava os transeuntes, o jardim do Campo Mártires da Pátria, na freguesia de Arroios, em Lisboa, prepara-se para surgir de cara totalmente lavada já em janeiro. O espaço foi todo remodelado, com novo mobiliário urbano e a criação de uma zona desportiva, mas o grande destaque vai para a calçada artística, com animais desenhados com a própria pedra da calçada.

"Os animais têm uma grande ligação a este jardim. No centro de Lisboa é maravilhoso poder ouvir galos a cantar ou uma pata a atravessar a rua, com as suas crias, e os carros a pararem para os deixar passar", sublinha Margarida Martins, presidente da Junta de Freguesia de Arroios, que, com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa, está a concluir a obra iniciada em setembro.

"Caça ao Tesouro"

A requalificação da calçada portuguesa era urgente, porque o revestimento betuminoso e a gravilha não correspondiam às exigências de acessibilidade e mobilidade no âmbito do espaço público, uma vez que apresentavam bastantes fendas, ondulações e depressões devido às raízes de árvores e à erosão prolongada. O novo piso terá 30 figuras de animais, criando um percurso desenhado essencialmente para as crianças mais pequenas, que serão desafiadas a encontrar todas as espécies, numa espécie de "Caça ao Tesouro".

Outra das preocupações com esta intervenção foi a reabilitação do mobiliário urbano tanto do Campo dos Mártires da Pátria, como do Jardim Braancamp. Com um lago impecavelmente cuidado, o espaço é agora rodeado por um circuito de manutenção e, brevemente, terá mesas e cadeiras para as pessoas poderem almoçar ou jogar à cartas, revela ao JN Urbano Margarida Martins.

A presidente da Junta de Arroios destaca ainda que o jardim terá um quiosque, já aprovado pela Câmara, o que aumentará a oferta aos visitantes.

"Vai ser ainda mais agradável passear por este jardim, onde as famílias encontrarão inúmeros motivos de interesse", sublinha a autarca, recordando que, devido às más condições anteriores, nos últimos anos, quase ninguém ia para ali passear.

A remodelação do Campo Mártires da Pátria custou cerca de 130 mil euros.

ver mais vídeos