Premium

Shoppings do Minho puxam pela economia há duas décadas

Shoppings do Minho puxam pela economia há duas décadas

Quando surgiu, em maio de 1999, o centro comercial Braga Parque trouxe novidade e abalou o comércio de rua, mas hoje é reconhecido por colocar a região na rota dos consumidores portugueses e galegos. Os concorrentes GuimarãeShopping, Espaço Guimarães e Nova Arcada também não se queixam do mercado

Em 1995, o GuimarãeShopping apareceu, na Cidade Berço, como a primeira grande superfície comercial do Minho. Mas foi, quatro anos depois, com a abertura do Braga Parque, em Braga, que o comércio da região viria a sofrer uma revolução, com a abertura de lojas de marcas que até ali não existiam. Quase uma década depois, a concorrência surge com o Espaço Guimarães, e, há três anos, com o Nova Arcada, em Braga. Ainda assim, ninguém se sentiu abalado com as novidades. Nem mesmo o comércio tradicional que, atualmente, vive dias pujantes.

Ana Paula Pereira, Adriana Mendes e Sandra Leite ainda se recordam de ver o Braga Parque a erguer-se. Chegaram há 20 anos para inaugurar "um grande shopping" que prometia trazer novidade à cidade. "Havia grande expectativa, porque ia ser diferente dos outros", recorda Ana Paula Pereira, gerente na Vista Alegre. Sandra, proprietária de um quiosque, sublinha que "as pessoas não estavam habituadas a ir a grandes shoppings" e a maior afluência, nos primeiros tempos, era aos fins de semana.