O Jogo ao Vivo

Lá Fora

Praga, o destino jovem com preços mais baixos

Praga, o destino jovem com preços mais baixos

Praga, capital da República Checa, é, entre os destinos europeus mais procurados pelos turistas jovens, a cidade onde o gasto diário para um casal é menor, ficando-se pelos 75 euros, bem longe dos 333 que é preciso para passar o mesmo tempo em Genebra, na Suíça.

Numa tabela das 12 cidades, elaborada por um site especializado, Lisboa aparece na terceira posição, com um orçamento a rondar os 135 euros.

Acabadinha de chegar, a primavera é sinónimo de dias mais amenos e mais longos e também de maior movimento de viajantes pela Europa. Numa época em que o turismo bate recordes em todo o Mundo, com foco maior no Velho Continente, as contas não se podem ficar apenas pelas passagens de avião low-cost. Há também que contar com os gastos próprios de cada destino. Visitar a República Checa ou a Turquia está muito longe do que é fazê-lo numa cidade escandinava ou suíça e as diferenças são bem maiores do que se possa imaginar.

Para ajudar a elaborar orçamentos, o TripSavvy, um site de viagens sediado em Nova Iorque e escrito por especialistas reais, fez as contas às cidades mais procuradas pelos jovens, tomando por base "um cesto diário" para um casal. Este inclui uma noite em hotel, uma refeição barata, uma de três pratos, bebidas como café, água e cerveja, quatro bilhetes de transporte (duas por pessoa), uma corrida de táxi de cinco quilómetros e a entrada num monumento.

Logo a seguir a Praga, surge Istambul, na Turquia, onde a diária estimada é de 93 euros.

Entre o topo e o fundo há diferenças muito acentuadas, sobretudo no que toca a alimentação e bebidas. Em Praga, por exemplo, uma refeição low-cost pode ficar por 4,4 euros, enquanto em Dublin, na Irlanda, a mesma custará 15 e em Genéve 20. Mas se a escolha for para um restaurante mais sofisticado, com um menu de três pratos, em Amesterdão um casal pode pagar 60 euros e em Genebra 100. Bem mais caro que em Istambul, onde a mesma refeição ficará por 20 euros, ou mesmo em Berlim (40).

E que dizer de uma cerveja (meio litro)? Em Praga custa 1,30 euros, em Barcelona 2,5. Bem longe dos 6 em Paris, ou os 7,5 em Genebra.